Apresentação

Uma colectividade centenária como o Ateneu Artístico Vilafranquense tem no seu curriculum, naturalmente, inúmeros episódios que definem e caracterizam a especificidade daquilo que tem sido a sua função sócio-cultural, acompanhando, assim, não sem dificuldades e sacrifícios, mas também com empenho, o suficiente, para ultrapassar esses momentos menos favoráveis, ao longo de mais de um século de vida.

Um século português que viveu quatro momentos essenciais: a Monarquia, a 1ª República, o Fascismo e a Revolução do 25 de Abril de 1974. Podendo igualmente perceber-se nos testemunhos recreativos desta colectividade, nos programas culturais que uniram os seus associados e amigos, nos membros que constituíram ao longo dos anos, a sua Banda, em gerações sucessivas de Vilafranquenses entusiastas dessa arte que é a Música, nos concertos populares, nas iniciativas várias que fizeram permanecer a chama de uma ideia, vendo-se aí, e em muitos.